sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Tricolores veem queda pós-Libertadores como erro mais marcante na campanha

Até a última rodada, o São Paulo era o líder do Brasileiro e só dependia de si para ser campeão. Mas perdeu para o Goiás e viu o Flamengo assumir a ponta, seguido por Internacional e Palmeiras . Agora, precisa torcer por tropeços dos três e ainda vencer o Sport para garantir a taça. Em um rápido balanço do que foi a competição, os tricolores tentam apontar os erros que levaram o time a atual situação na tabela.

Para Washington, claro que o revés diante do Goiás e a derrota para o Botafogo tiraram o time de uma posição confortável. Mas ele acredita que o São Paulo vacilou mesmo no início da competição, quando foi eliminado na Libertadores e demorou para se recuperar, refletindo no Brasileiro.

- Um momento complicado foi o começo do campeonato. Depois da saída da Libertadores tivemos uma queda muito grande e perdemos pontos importantes. Se tivéssemos ganho alguns desses pontos tudo seria diferente. A derrota para o Goiás ainda dói, não consigo absorver. Mas penso que tem outro jogo pela frente e se já consegui superar tanta coisa na minha vida, vou acreditar sempre, até saber que os outros venceram - explicou o camisa 9.

Arouca também aponta o começo ruim do São Paulo no Brasileiro como um dos problemas mais marcantes do time na temporada. E, claro, as últimas derrotas. Para ele, o jogo deste domingo, no Morumbi, era para ser a festa do título. O volante espera que ainda termine com final feliz.

- É difícil explicar, mas foi depois da Libertadores que o time caiu e não conseguia sair lá de baixo. Mas uma hora arrancou e até foi líder. Infelizmente pecamos nestes últimos dois jogos. Não poderíamos ter perdido, era para a situação ser outra no Morumbi. Acreditaremos enquanto houver chances - completou o camisa 11.

Até ser eliminado na Libertadores, o São Paulo jogou o torneio simultaneamente com o Brasileiro. Neste, conseguiu uma vitória, quatro empates e uma derrota. Depois da saída na competição continental, trocou de treinador - Muricy Ramalho foi demitido, e Ricardo Gomes chegou. O time oscilou com três derrotas, uma vitória e um empate, até dar uma arrancada de sete vitórias seguidas e nove partidas sem perder.

0 comentários: